Primeira fase do evento começará amanhã

De acordo com uma publicação oficial, a BMW irá sediar no próximo ano a segunda fase de um torneio voltado para aplicações blockchain em veículos automotivos.

O torneio é um lançamento da Iniciativa Mobility Open Blockchain (MOBI) e da Trusted IoT Alliance (TIoTA). Aparentemente, seu objetivo é o desenvolvimento de uma rede viável de veículos movidos à blockchain.

O desafio irá durar 3 anos, e ao final, os vencedores receberão US$1 milhão em tokens.

A primeira fase do MOBI Grand Challange começará no dia 12 de outubro, com uma duração de 4 meses. Neste período, os participantes devem mostrar “usos potenciais do blockchain na coordenação do movimento de veículos e na melhoria de transporte em ambientes urbanos”.

Leia mais: Maior exchange de criptomoedas de Vancouver tem CA$28 milhões congelados pelo Banco Imperial desde janeiro

As tecnologias selecionadas serão demonstradas em Munique em fevereiro do próximo ano, no evento sediado pela BMW.

De acordo com um comunicado à imprensa, os vencedores da primeira fase receberão US$350.000 em tokens em diversas categorias.

Zaki Manian, diretor executivo da Trusted IoT Alliance, declarou que a mobilidade da indústria IoT está caminhando para o blockchain.

Segundo ele, poucas empresas concluíram um conceito nesta área, então o torneio pretende “preencher essa lacuna”.

Durante o mês de maio, a BMW, GM, Ford e Renault lançaram uma plataforma blockchain conjunta visando revolucionar o transporte. De acordo com a mídia, o esforço possui o objetivo de abordar questões de mobilidade, tornando-a mais segura, sustentável e acessível.

Leia mais: Startup lança celular baseado em criptografia e realiza primeira “ligação blockchain”

FONTE: COINTELEGRAPH



As melhores taxas e transações em tempo real, só na 3xbit.


Comece agora 3xbit.com.br!