Dois candidatos pró-criptomoedas foram eleitos nos EUA

Os futuros governadores Gavin Newsom e Jared Polis aceitaram doações em criptoativos durante as campanhas

De acordo com o TrustNodes, dois candidatos pró-criptomoedas se tornaram governadores nos Estados Unidos.

No estado da Califórnia, Gavin Newsom, candidato democrata, conseguiu 59% de apoio. A mídia local aponta que o candidato levantou a questão das criptomoedas em 2014. Nesta época, Newsom ficou conhecido como um dos primeiros políticos a aceitar doações em Bitcoin para a campanha.

De acordo com ele, os irmãos Winklevoss, como doadores, declararam um total coletivo de US$116.800 para a campanha em 2017.

No Colorado, Jared Polis, outro candidato democrata, foi eleito com 51,6% dos votos. Por meio da BitPay, a campanha de Polis aceitou doações em Bitcoin e Bitcoin Cash. Em seu site de campanha havia uma página dedicada somente à Política Blockchain, onde Jared delineou 5 áreas nas quais pretende explorar a tecnologia.

Os planos incluem proteger os eleitores e fortalecer a segurança cibernética. Polis cita também a utilização de soluções baseadas na tecnologia para aprimorar a rede energética do estado.

O candidato destacou ainda que irá encorajar empresas blockchain a “lotarem o estado”, afirmando que seu trabalho poderá criar “aplicações governamentais que economizam dinheiro dos contribuintes e criam valor para os moradores do Colorado”.

Tendo isso em vista, Polis se comprometeu a criar um “porto seguro” para isentar criptomoedas das leis estaduais de transferência de capital.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que John McAfee se candidatou a presidente dos EUA para levantar a questão das criptomoedas. De acordo com John, ganhar não é uma pretensão, e “ninguém em sã consciência” dedicaria seu voto a ele.

FONTE: COINTELEGRAPH