IOTA e a eletricidade de uma cidade

Após cinco meses de testes com pagamentos, um grupo de pesquisadores está pronto para aumentar o escopo da adoção da IOTA na Holanda, tendo em vista os resultados animadores dos estudos, relatou o Invade.

Leia mais: Pesquisa revela que o blockchain pode impulsionar em US$1 trilhão o financiamento ao comércio

Desde sua criação, a IOTA Foundation experienciou uma grande atenção em seu protocolo, com casos de uso no mundo real se tornando algo normal na narrativa da criptomoeda baseada em DAG.

ElaadNL, uma fabricante de estações de carregamento e produtos de energia portátil da Holanda, passou a construir estações de carregamento de carros elétricos baseadas em IOTA na Holanda, utilizando um Tesla em miniatura para simular cenários do mundo real.

Em abril, a área de testes da ElaadNL foi inaugurada pelo secretário de infraestrutura e gestão de água, Stientje van Veldhoven, juntamente com diversos outros produtos de carregamento, como um carregador mais potente, uma nova bateria e uma doca de carregamento.

A estação serve como uma prova de conceito, ao exibir o potencial administrativo da IOTA, sendo parte de um plano maior para integrar o protocolo Tangle em uma rede municipal de máquina e dispositivos interconectados.

Harm van den Brink, arquiteto de Smart Grids e especialista em DLT na ElaadNL, explicou ao Invade:

“Nenhum back office ou protocolo de comunicação são requeridos para operar uma estação de carregamento; as transações são realizadas diretamente, sem o uso de um cartão para carregar ou uma subscrição.”

Webitcoin: IOTA: Testes com a Tangle revelam novas funcionalidades para a criptomoeda

A proeza da Tangle

Para os mais leigos, Tangle é uma rede baseada em DAG que facilita as interações de máquina para máquina, em tempo real – incluindo micro pagamentos sem taxas e transferências seguras de dados entre nós.

Leia mais: Varejista de joias utilizará blockchain para rastrear seus diamantes

O teste de cinco meses forneceu evidências definitivas e conclusivas aos pesquisadores sobre a possibilidade de plugar carregadores em uma rede inteligente lastreada por IOTA, capaz de transmitir informações e dados sensíveis por um sistema de nós que abrange toda uma cidade.

O próximo objetivo é integrar o carregador em uma rede inteligente que utiliza IOTA para a distribuição de informação. A Tangle também pode agrupar as informações sobre utilização de energia advindas de vários dispositivos, permitindo um fluxo de eletricidade inteligente para áreas de alta demanda.

Segundo van den Brink:

“O transformador pode pedir aos dispositivos conectados para realizarem um carregamento inteligente e, se eles receberem a informação, serão diretamente incentivados pelo envio de tokens IOTA. Esta também é uma prova de conceito, e nós esperamos obter resultados até o final deste ano.”

Testes com Tesla

A estação de carregamento baseada em IOTA é um quiosque totalmente automatizado, que se comunica entre dispositivos e lida com micro pagamentos dos usuários. Meter values são atualizados a cada 15 minutos na rede Tangle, garantindo uma administração sem atritos e um fluxo de informação confiável.

Leia mais: Avaí Futebol Clube se prepara para realizar sua ICO

Conforme anteriormente mencionado, os pesquisadores da ElaadNL utilizaram um Tesla em miniatura para testar as estações de carregamento, que contam com um código QR para facilitar pagamentos quando o usuário for utilizar estes dispositivos.

Por enquanto, os testes estão limitados a carros e dispositivos elétricos, uma vez que veículos a combustível requereriam um mecanismo fundamentalmente diferente para pagamentos.

Van den Brink concluiu:

“Nós estamos satisfeitos em ver que isso pode funcionar, mesmo de uma forma máquina para máquina. Contudo, o software e o hardware são experimentais, e consequentemente não estão preparados para escalar – na minha opinião.”

Fonte: CryptoSlate



As melhores taxas e transações em tempo real, só na 3xbit.


Comece agora 3xbit.com.br!