Grandes figuras da cripto esfera estão entre os mais ricos da China

A lista anual Hurun China Rich, um catálogo com os indivíduos chineses cujo patrimônio líquido excede US$209 milhões, listou diversos cripto empresários pertencentes à elite chinesa, segundo uma publicação feita ontem.

Leia mais: Bitfinex suspende depósitos em fiat em meio ao sell-off do Bitcoin

O Hurun Research Institute publicou a lista 2018 Hurun China Rich List, que engloba os indivíduos mais ricos do país. 13 dos empresários listados possuem negócios relacionados com mineração de criptomoedas e trading.

O ranking inclui membros da indústria como Micree Zhan Ketuan, co-fundador da fabricante de chips e softwares Bitmain Technologies, entre as 100 pessoas mais ricas da China, com uma fortuna estimada em US$2,4 bilhões. O segundo cripto empresário mais rico é o co-fundador da Bitmain, Wu Jihan, que ocupa a 204ª posição, com um patrimônio pessoal de US$2,3 bilhões.

Zhao Changpeng, fundador da maior exchange de criptomoedas do mundo em volume diário de troca, Binance, ocupa a 230ª posição, com uma fortuna estimada em US$2,1 bilhão. Zhao é seguido pelo fundador da exchange de criptomoedas OKCoin, Star Xu, e pelo fundador da Huobi, Li Lin.

Zhang Nangeng, fundador da fabricante de hardware Canaan Creative, e Hu Dong, fundador da produtora de dispositivos de mineração de Bitcoin, Ebang International Holdings, também foram listados pela Hurun.

Leia mais: Harvard, MIT e Stanford: Renomadas universidades americanas investem em fundos de criptomoedas

Webitcoin: Lista dos indivíduos mais ricos da China inclui cripto empresários

Changpeng Zhao e Jihan Wu

A lista também inclui a baleia de BTC e investidor em série, Li Xiaolai, com uma riqueza estimada de US$1 bilhão. Recentemente, Li afirmou que ele não mais investirá em projetos de blockchain futuros.

 “Então, se você ver Li Xiaolai associado com qualquer projeto (eu já estive associado em diversos projetos sem o meu conhecimento, 99% não é exagero), apenas ignore,” Li alertou.

Nos últimos meses, a Bitmain chegou às manchetes, alegando ter grandes investidores participando de sua pré-IPO, como o conglomerado chinês Tencent, a empresa de investimento DST Global, e o SoftBank do Japão. As companhias subsequentemente negaram estarem envolvidas. Um oficial do Softbank disse que “nem o SoftBank Group Corp, tampouco o SoftBank Vision Fund, estiveram envolvidos nas negociações.”

A companhia de investimento localizada em Singapura, Temasek, negou oficialmente sua participação na IPO da Bitmain, declarando que a “Temasek não é uma investidora da Bitmain, e nunca discutiu este assunto com a empresa. Notícias relatando nosso envolvimento com sua IPO são falsas.” A DST Global também confirmou nunca ter investido na pré-IPO da Bitmain.

Fonte: The Cointelegraph



As melhores taxas e transações em tempo real, só na 3xbit.


Comece agora 3xbit.com.br!