A medida é vista como tentativa de frear a aceitação crescente de criptomoedas no país

A QuadrigaCX, maior exchange de criptomoedas do Canadá, não possui acesso a CA$28 milhões de seus fundos domiciliados no Banco Imperial do Comércio do Canadá (CIBC) desde janeiro deste ano.

WeBitcoin: Maior exchange de criptomoedas de Vancouver tem CA$28 milhões congelados pelo Banco Imperial desde janeiro

De acordo com o Globe and Mail, a CIBC declarou que o congelamento de capital ocorreu pela incapacidade de identificar os verdadeiros donos das contas.

O banco ainda solicitou que o tribunal tomasse posse dos fundos em questão. A exchange reagiu furiosamente e declarou que a atitude foi totalmente inadequada.

Quadriga ainda acusa o CIBC de tentar prolongar ainda mais a detenção do capital.

Leia mais: Brasil lidera lista de vítimas de malwares de cripto mineração

Os clientes da exchange foram informados por email que os bancos canadenses estão conspirando para dificultar as operações, tornando quase impossível o acesso às poupanças.

Esta medida, segundo a plataforma, seria um esforço conjunto para barrar a adoção do Bitcoin e demais criptomoedas no país.

Nenhum dos bancos canadenses se pronunciou sobre tais alegações. Entretanto, o processo sugere uma forte disputa entre o sistema tradicional e as criptomoedas.

Toda a situação está ocorrendo em um período de forte adaptação dos ativos digitais no país. Segundo pesquisas, a aceitação do Bitcoin subiu 72% somente entre 2016 e 2017 no Canadá.

Leia mais: Novo anúncio do Google: criptomoedas não são dinheiro real

FONTE: CCN



As melhores taxas e transações em tempo real, só na 3xbit.


Comece agora 3xbit.com.br!